Microempresa (ME): O que é, como funciona e como abrir?

avatar

Welink Accountants

Introdução

No Brasil, o empreendedorismo tem desempenhado um papel significativo no crescimento econômico do país. Muitos indivíduos têm buscado a criação de seus próprios negócios, e uma das formas mais comuns de iniciar nessa jornada é por meio da abertura de uma microempresa (ME). Neste artigo, vamos explorar o que é uma microempresa, como ela funciona e os passos necessários para abrir esse tipo de negócio no Brasil.

 

O que é uma microempresa?

Uma microempresa é uma categoria de empresa que se enquadra como uma das menores formas de negócio existentes. Ela é caracterizada pelo seu porte reduzido, sendo um empreendimento de pequeno porte, com faturamento limitado e poucos funcionários. No Brasil, a Lei Complementar nº 123/2006 estabelece os critérios e definições para as microempresas, juntamente com as empresas de pequeno porte (EPP).

 

Definição de microempresa no Brasil

Segundo a legislação brasileira, para ser considerada uma microempresa, a empresa deve atender a dois critérios principais:

  • Faturamento: O faturamento anual bruto da empresa não pode ultrapassar o limite estabelecido por lei. Atualmente, esse limite é de R$ 360.000,00 (trezentos e sessenta mil reais).

  • Número de funcionários: A microempresa deve empregar um número reduzido de funcionários, que varia de acordo com o setor de atividade e a legislação estadual ou municipal. Em geral, considera-se uma microempresa aquela que possui até 9 funcionários.

Como funciona uma microempresa?

Uma microempresa opera de maneira semelhante a qualquer outra empresa, mas em uma escala menor. Ela pode atuar em diversos setores da economia, desde comércio, serviços até indústria. A principal diferença em relação a empresas de maior porte está na sua estrutura simplificada, menor volume de negócios e menor número de funcionários.

 

Regime tributário simplificado

Uma vantagem para as microempresas no Brasil é a possibilidade de optar pelo Simples Nacional, um regime tributário simplificado. Esse regime unifica o recolhimento de diversos impostos e contribuições federais, estaduais e municipais em uma única guia de pagamento. O Simples Nacional oferece alíquotas reduzidas e facilita a gestão dos tributos para as microempresas.

 

Formalização

Para que uma microempresa possa operar regularmente, é necessário realizar a formalização do negócio junto aos órgãos competentes. Os principais passos para formalizar uma microempresa no Brasil são:

  • Registro na Junta Comercial: É necessário registrar o contrato social da empresa na Junta Comercial do estado onde ela será estabelecida. Esse registro é essencial para garantir a legalidade do negócio.

  • Obtenção do CNPJ: O Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) é o documento que identifica a empresa junto à Receita Federal. É necessário solicitar o CNPJ por meio do site oficial da Receita Federal ou por meio de um contador.

  • Alvará de funcionamento: Dependendo do ramo de atividade da microempresa e da localidade onde ela será instalada, pode ser necessário obter um alvará de funcionamento junto à prefeitura. Esse documento atesta que o negócio cumpre as normas e requisitos estabelecidos pelo poder público.

  • Inscrição estadual e municipal: Em alguns casos, dependendo da atividade da empresa, é necessário realizar a inscrição estadual e/ou municipal para cumprir com as obrigações tributárias específicas de cada ente federativo.

Após a formalização, a microempresa deve cumprir com suas obrigações legais e fiscais, como emissão de notas fiscais, pagamento de impostos, contribuições sociais e trabalhistas, entre outras responsabilidades.

 

Conclusão

As microempresas desempenham um papel fundamental na economia brasileira, gerando empregos e contribuindo para o desenvolvimento do país. Apesar de seu porte reduzido, essas empresas têm a possibilidade de crescer e se tornar negócios de maior porte ao longo do tempo.

 

Abrir uma microempresa requer planejamento, conhecimento dos trâmites legais e um entendimento claro do mercado em que se pretende atuar. Com a formalização correta e o cumprimento das obrigações fiscais e trabalhistas, a microempresa tem a oportunidade de se estabelecer e prosperar no cenário empresarial brasileiro.


Welink Accountants

Encontre o seu contabilista perto de si

Mais resultados